ALGARAVÁRIA
Home|Algarapostal|Cronópios|Orkut

terça-feira, julho 11, 2006
saraIvada 15 (debutancias)

Ainda amo o rock, mas não dá mais pra desconfiar dele

Eu o encontrei antes da manhã propriamente dita
na quebra entre a Glória e a Alfama
querendo amor
e rasgado entre os dedos das mãos.
Amor eu daria, mas as frieiras me cansam.
Ele só quer amor de quem lamber a ferida.
Vinte e três horas depois, cinco quartas abaixo
quadras pró-tensas
na estação Ave Maria
de novo. Ele ria,
os dedos enfaixados como se não valessem mais a pena.
A camiseta tinha uma frase com naftalina
que parecia um contrato de gaveta com os dezessete anos não passados,
?qualquer nobre sem grana não passa de um mendigo?.
Eu convidei o rock´n roll pra almoçar lá em casa domingo
porque me deu pena dele não ter descoberto
que qualquer mendigo enganado nas verdinhas
deseja ser um nobre com spikes e batidas no sábado.
Eu convidei o rock´n roll pra almoçar lá em casa domingo
ele vai sujar delicadamente as caras calças limpas
pra não fazer feio.
E eu servirei espaguete na vitrolinha.

francieli spohr
(6) no algaravial

 

 

Arquivos
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006

 

 

Powered by Blogger

Template by Ernesto Diniz



 

eXTReMe Tracker