ALGARAVÁRIA
Home|Algarapostal|Cronópios|Orkut

quarta-feira, agosto 23, 2006
Entre Parênteses

Soneto ao Aedes

do cérebro asa esquizofrênico
que faz válvula essa o tormento
do mosquito a sangrar vil arsênico

eis assim louco osso sentimento
assume vida laço quão sirênico
fiel insensatez e emagrecimento

então tal gilete desquitada
percorrendo veia esverdeada
vida / válvula pela privada
grita garganta água parada:

"sente desgraça ist'o que aflita!"
- dislexia fobia fase inicial -
precocemente ele um anormal
absorto (dengue) e parasita

Diego Ramires
(0) no algaravial

 

 

Arquivos
Abril 2006
Maio 2006
Junho 2006
Julho 2006
Agosto 2006
Setembro 2006

 

 

Powered by Blogger

Template by Ernesto Diniz



 

eXTReMe Tracker